No Join Predicate – SQL Server

Olá pessoal.

Vamos ao um case real, é bom ter essas histórias do dia-a-dia, pois assim ficamos mais ligeiros para não perder tempo fazendo o que seria mais simples, veja a seguir:

Um belo dia você lá no seu trabalho todo preocupado em manter a perfomance do seu ambiente, aí você olha para o lado e vê um dos desenvolvedores tentando montar uma query, ele olha para você e diz que está fazendo uma consulta simples, porém está demorando muito e para completar ainda pergunta se está tudo bem no banco?

Você todo inocente fala:
“Aqui tudo bem, sem lock, por enquanto…”, e completa, precisa de ajuda?

O desenvolvedor aproveita, diz que deve ser muitos dados… Nessa hora você pensa, deixa eu ver o plano de execução dessa sua consulta, manda a query aí para eu ver o plano dela.

Aí você já parte para o CTRL+M (Teclas de atalho para habilitar o plano de execução no SSMS – SQL Server Management Studio) e após a execução da query, você se depara com a figura abaixo:

OperadorError

Você que está aprendendo tudo sobre performance, se pergunta:
Que erro é esse aí? Como surgiu? E comenta em voz baixa nunca vi isso aí não…
Procura nas apostilas da faculdade e nada, aí você para e pensa, deixa eu ver essa query melhor, quando passa conferindo os joins, percebe que o JOIN está errado, pronto, problema resolvido.

OperadorSemErro

veja como resolver:

O exemplo da query abaixo é o mais simples para facilitar nosso entendimento.

A causa do erro:

QueryErrorOperator

Alterando a junção entre a tabela A e a Tabela B, problema resolvido, assim deixando sua query mais rápida e correta.

Agora já sabemos que um operador com erro, devemos verificar se não está faltando um predicate, pois a falta dele na junção(Join) causa o erro visto no operador.

Espero ter ajudado com mais essa dica.

Até mais.

Felippe Oliveira

Considerações SQL Saturday #580

Olá pessoal.

Vou comentar com vocês sobre o evento realizado dia 08 de abril em Joinville, o SQL Saturday #580.

Evento com excelentes palestrantes, cada um compartilhando conhecimento de forma simples e gratuita, com um único objetivo, que era ilustrar como utilizar as ferramentas que o SQL Server nos oferece.

As palestrar eram bem objetivas ilustrando problemas ou dificuldades encontrados no dia-a-dia… Foi muito bom aprender um pouco mais com quem já vivenciou situações que nunca imaginei e que se eu precisar já sei como aplicar as soluções;

Não percam os próximos eventos, como DBA Brasil 2.0 que será em São Paulo e SQL Saturday #609 que será em Caxias do Sul.

Espero encontra-los por lá.

Até mais.

Felippe Oliveira

Login failed (Microsoft SQL Server Error: 18456)

Olá pessoal.

Hoje vamos ver sobre erro ao conectar usuário/login em uma instância SQL Server.

Provavelmente você já migrou sua instância de banco de dados entre servidores, ou fez uma instalação em sua própria máquina para testes, e após criar um login você tentou acessar e se deparou com o erro de número 18456, certo?

LoginError01

Caso veja essa mesma mensagem, não perca seu tempo achando que é conflito de login – usuário em alguma das bases de dados.

O que ocorre é:

Você precisa dizer para sua instância que ela deverá aceitar autenticação mista, mas como assim MISTA?

Simples, veja a imagem a seguir:

LoginError00

A instância precisa estar com o modo misto selecionado, pois para o primeiro modo, é aceito apenas conexão se existir usuário/login cadastrado em um domino no AD(Active Directory).

Para alterar esse modo, clique na sua instância com o botão direito do mouse, depois clique em propriedades e em seguida em security, conforme a imagem abaixo:

LoginError02

Clique em Security e mude para SQL Server and Windows Authentication mode.LoginError03

Após isso clique em ok.

Se você na pressa, acabou não lendo a mensagem abaixo, continuara vendo o erro 18456.

LoginError04

Pois o processo de restart se faz necessário para aceitar todos os usuários em sua próxima tentativa de conexão.

Para reiniciar a instância, clique com o botão direito sobre ela e depois aperte em Restart, veja a imagem abaixo:

LoginError05

Será exibido uma mensagem perguntando se poderá prosseguir com a reinicialização do serviço do SQL Server, clique em sim e aguarde até ele terminar.

Após reiniciar, tente conectar com seu usuário/login novamente, agora você estará logado na instância sem precisar ser um usuário/login do AD.

Espero ter ajudado.

Até mais.

Felippe Oliveira

Colocando um banco de dados em Read-Only – SQL Server

Olá pessoal.

Pode acontecer de seu seu superior lhe pedir para colocar um ou mais banco de dados em modo apenas leitura (Read-Only).
Hoje existe duas maneiras para fazer essa tarefa, vamos ver quais?

Primeira forma:

Comandos T-SQL, o exemplo abaixo é realizado com o banco de dados criado para esse post, veja:

BaseApenasLeituraCod1

No momento da alteração pode ocorrer uma mensagem de erro:

BaseApenasLeituraErro1

Caso isso aconteça, use o comando set single_user with rollback immediate

Ficando assim:

BaseApenasLeituraCod2.PNG

Após isso, execute novamente o comando para deixar o banco em modo de leitura.

Para retirar o único usuário que está com acesso a base de dados utilize o comando abaixo:

BaseApenasLeituraCod3

Com isso seu banco já está no modo apenas leitura (Read Only).

BaseApenasLeituraReadOnly

E aí você pergunta, mas se o superior pedir para voltar para o modo de leitura e escrita, como fazer?
Simples, repita os passos para deixar em usuário único e utilize o comando set read_write with no_wait;

Ficando assim:

BaseApenasLeituraCod4

Segunda forma:

Através de telas com alguns cliques, veja o passo a passo:

1º – Clique com o botão direito do mouse sobre o banco de dados e vá até propriedades:

BaseApenasLeituraPropertis

2º – Após abrir a tela de propriedades, clique em Opções e visualize a opção State, veja que está com o modo Read-Only igual a false:

BaseApenasLeituraOptions

3º – Altere de false para true, caso exista conexões em aberto, será exibido a mensagem abaixo:BaseApenasLeituraOpenConnections

4º – Clique em sim, para que ele encerre todas as conexões, assim será feito a alteração do modo de escrita para apenas leitura, ficando conforme imagem abaixo:

BaseApenasLeituraReadOnly

Pronto, seu banco de dados está agora em modo leitura.

Espero poder ajudar com essa dica.

Até mais.

Felippe Oliveira

Copiar nome de colunas SSMS

Olá pessoal.

Estou passando aqui para falarmos de um comando simples que pode nos ajudar no dia a dia, na (correria) hehe… Como copiar dados com cabeçalho do Sql Server Management Studio(SSMS) para um Excel por exemplo.
Claro que existem outras maneiras de copiar os dados para Excel, mas essa me chamou a atenção, pois eu era a pessoa que clicava com o botão direito do mouse conforme a imagem abaixo:

CopiarCabecalhoBTNDireito

Agora, experimente apertar as teclas Ctrl + Shift + C;
Pronto você pode colar no Excel e verá que o nome das colunas foram copiadas.

CopiarCabecalhoTeclasAtalho

Espero que gostem da dica.

Até mais.

Felippe Oliveira

 

2017 – Feliz com SQL Server

Olá pessoal!

Mais um ano se iniciando e com ele sonhos, planos e metas, deixo aqui um breve recado para todos… Que nesse ano possamos conseguir aprender mais, trabalhar mais, ir em todos os eventos de SQL, viajar, e entre outras coisas sorrir mais, para que assim façamos de 2017, o ano de muitos alegrias e conquistas.

Um grande abraço e até o próximo post.

Felippe Oliveira

 

 

 

Merge com T-SQL

Tags

,

Olá pessoal!

Hoje vamos ver o que se pode fazer com o comando Merge, utilizado no MS SQL SERVER, ele ajuda a mesclar dados entre duas fontes (origem, destino).
É possível atualizar, deletar e inserir dados, abaixo um exemplo prático.

USE TEMPDB
GO

–Criação da tabela temporária para teste;
CREATE TABLE #TMPA (Id INT Identity not null, Nome VARCHAR(100))

–Inserindo os dados de teste na tabela de destino
INSERT #TMPA VALUES (‘Felippe’), (‘Lucas’)

SELECT * FROM #TMPA
merge_1

–Tabela de origem
CREATE TABLE #TMPB (Nome VARCHAR(100))

INSERT #TMPB VALUES (‘Pedro’), (‘Valéria’), (‘Daniela’), (‘Nicolly’)

SELECT * FROM #TMPB
merge_2

–Realizando Merge com INSERT e UPDATE para dados já existentes;

MERGE #TMPA AS ta
USING (SELECT nome FROM #TMPB) AS tb
ON (ta.nome = tb.nome)
WHEN NOT MATCHED THEN
INSERT (nome)
VALUES (tb.Nome)
WHEN MATCHED THEN
UPDATE SET ta.nome = tb.nome;

Após realizar o merge, veja como ficou:

SELECT * FROM #TMPA
merge_3

Bom, isso foi um exemplo básico, apenas para saber como aplicar o Merge no seu desenvolvimento, para saber sobre outros comandos possíveis com merge consulte MERGE (Transact-SQL).

Até mais.

Felippe Oliveira

 

24 Hours of Pass

eventopass24hope_2016

Olá Pessoal,

Entre os dias 14 e 18 deste mês teremos o evento 24 Hours of Pass, evento online e gratuito, que conta com palestrantes do Brasil e Portugal.

Clique no link http://www.sqlpass.org/24hours/2016/portuguese/About.aspx, para ver todas ás palestras e horários e também se cadastrar, não perca essa chande de aprender e aprimorar seus conhecimentos de graça.

Abraços,

Felippe Oliveira

Evento SQL Saturday #573 – Brasília – DF

eventopasssaturdaybsb_2016

Olá pessoal!

Dia 26 deste mês, teremos mais um SQL Saturday, evento que será realizado em Brasília – DF, não percam a chance de aprender de graça sobre Big Data, Azure, Reporting Services, dicas de carreira, certificação, entre outros.

Clique no link http://www.sqlsaturday.com/573/eventhome.aspx, para ver todas as palestras e horários, e também se cadastrar, não perca essa chande de aprender e aprimorar seus conhecimentos de graça.

Abraços,

Felippe Oliveira